quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

0

O tamanho do bebê e as frutas/legumes

Lendo um pouco sobre as semanas gestacionais, encontrei um site que gostei muito da analogia com as frutas e legumes que uma clínica médica fez.

Estou na 12a. de gestação, vejam que lindo a descrição:

O bebê
  Nessa fase quase todos os órgãos e estruturas do feto estão formados. Eles continuarão a crescer e desenvolver até o parto. Os dedos das mãos e pés já se separaram e os pelos e unhas iniciam o seu crescimento. Os genitais começam a assumir seu aspecto final feminino ou masculino. O líquido amniótico começa a se acumular à medida que os rins do bebê começam a excretar urina. Os músculos das paredes intestinais começam a se movimentar - é o peristaltismo intestinal - contrações no interior do intestino que ajudam na digestão e movimentação dos alimentos. O bebê mede cerca de 9 a 11 cm (da cabeça aos pés) e pesa em torno de 20 gramas.


Fonte: http://www.clinicafgo.com.br/gravidez_passo_a_passo.html

Como disse, a interessante analogia é:

  • de 1 a 7 semanas - grão de arroz
  • de 8 a 11 semanas - gomo de uva
  • de 12 a 15 semanas - ameixa
  • de 16 a 19 semanas - tomate
  • de 20 a 23 semanas - laranja
  • de 24 a 27 semanas - berinjela
  • de 28 a 31 semanas - repolho
  • de 32 a 35 semanas - melão
  • de 36 a 39 semanas - jaca

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

1

Salmos e história de Ana

Uma amiga me recomendou ler dois Salmos, um da família, o 127 e o para engravidar 113.

Aqui está o 113

Salmos 113


Louvai ao SENHOR. Louvai, servos do SENHOR, louvai o nome do SENHOR.
Seja bendito o nome do SENHOR, desde agora para sempre.
Desde o nascimento do sol até ao ocaso, seja louvado o nome do SENHOR.
Exaltado está o SENHOR acima de todas as nações, e a sua glória sobre os céus.
Quem é como o SENHOR nosso Deus, que habita nas alturas?
O qual se inclina, para ver o que está nos céus e na terra!
Levanta o pobre do pó, e do monturo levanta o necessitado,
Para o fazer assentar com os príncipes, mesmo com os príncipes do seu povo.
Faz com que a mulher estéril habite em casa, e seja alegre mãe de filhos. Louvai ao SENHOR.


A promessa de Ana
A história bíblica refere que Ana, mãe de Samuel, sofria de esterilidade, o que lhe era motivo de grande humilhação, já que Penina, a outra esposa de seu marido Elcana, tinha filhos.
Certa vez durante os dias do sacrifício anual ao Senhor, Ana, humilhada por Penina sua rival, se pôs a orar com grandes dores no templo. Sentindo-se amargurada, Ana orou com lágrimas e fez um voto com Deus, prometendo que seu filho seria um nazireu e serviria no templo. Sua oração foi tão íntima e cheia de fé que Ana não dizia palavra alguma se comunicando com Deus apenas com as intenções de seu coração. Porém, os seus lábios mexiam-se ao ponto do levita Eli a repreender achando que ela estivesse embriagada.
Ana, ao ser advertida pelo sacerdote defende-se dizendo que não havia provado vinho ou qualquer bebida forte, mas que estava derramando seu coração ao Senhor por estar muito aflita. O sacerdote se compadece dela e lhe abençoa dizendo: "Vai em paz; e o Deus de Israel te conceda a petição que lhe fizeste."
Então, conforme o pedido de Ana, Deus lhe deu Samuel como filho, para que ela não fosse mais humilhada, e ela cumpriu a promessa em consagrá-lo desde criança ao sacerdócio.
Entregue ao templo
Samuel, ainda jovem, foi entregue ao sacerdócio, "ministrava perante o Senhor" (I Samuel 2:18) Existe alguma ambigüidade nas opiniões no que diz respeito ao tipo de trabalho que Samuel efetuava no Templo. Existe quem defenda que este foi entregue ao templo com voto de Nazireu.
  

Fé!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

0

Felicidade eu tô afim sim!

Graças ao bom Deus estou mais calma e confiante. A hora que Ele lá de cima decidir que será a hora será.

Hoje mostrei a mim mesma que nada como um dia atrás do outro... meu "case pessoal" de aborto serviu de exemplo e acalmou uma pobre vó que acabou de perder seu netinho e estava assustada com o fato da filha estar em casa se esvaindo em sangue, a maior admiração dela foi pelo fato do médico não querer fazer curetagem... achou melhor que a filha dela tentasse pelo método natural. O que acalmou foi o fato do mesmo ter acontecido comigo... peguei na mão dela e disse: "fica em paz, é assim mesmo, eu perdi o meu baby da mesma maneira, com 4 meses e expeli em casa. Hoje em dia é a indicação dos médicos... qndo possível, melhor assim, pois a mulher pode tentar logo em seguida a engravidar. Vai dar tudo certo!".

Essa mulher parou de chorar, me agradeceu e sai aliviada e feliz comigo mesma! Eu consegui me superar! Falar sobre o meu "case" sem derrubar uma lágrima e não ficar triste foi ótimo, para a senhorinha, mas melhor ainda pra mim.

E como tentante-lutante e "conseguinte" rsrs continuo procurando por testes de fertilidade, gravidez etc... Já viram esse abaixo?
http://vidademulher.com.br/canais/maes-a-filhos/calendario-da-mulher.html

Dá até o sexo do bebê...

Vamos em frente, fé e paz!

Que venha 2012.... bj bj

domingo, 4 de dezembro de 2011

0

Ah! que droga!

Hoje, pela segunda vez, depois de muitas angústias, sintomas e até testes de gravidez, não recebi a mensagem positiva.

Vocês não sabem como é complicado, esse mês, senti vários sintomas... me senti malzona, com ânsias.. gente tô ficando louca?

A notícia positiva é que minha GO me liberou para tentar (aaahhh já tava tentando desde o mês passado)... aí vem várias dúvidas, medos... será que não vou ficar mais grávida? Minha nossa... Meu Deus!!!

Hoje não to afim de falar mais nada, pois para melhorar a situation, ainda estou com uma enxaqueca e uma cólica daquelas... não vou reclamar, vou esperar....

Fé e Paz, o resto eu corro atrás!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...